Açaí no combate ao câncer

Açaí no combate ao câncer

Muito já se fala sobre os benefícios que o açaí traz à saúde, como a diminuição do colesterol ruim e o aumento do colesterol bom, ajudando o coração e a pele também. A frutinha cai cada vez mais no gosto do brasileiro e as pesquisas ao seu redor são constantes.

Os cientistas da Universidade Federal do Rio de Janeiro realizaram vários testes e desenvolveram pesquisas com o açaí, onde descobriram que ele pode ser muito eficaz na prevenção do câncer, em particular o câncer de mama. A responsável por isso é a antocianina. É ela que dá a cor característica à frutinha e também pode ser encontrada na uva, mas em quantidades bem menores.

O que é a antocianina?

 

giphy-4

 

As antocianinas são pigmentos que dão cor a várias frutas, flores e legumes, tais como a berinjela, a uva e o hibisco. Elas são antioxidantes e evitam danos causados por radicais livres, blindando órgãos e tecidos contra as reações do oxigênio, que podem causar várias doenças degenerativas e até a destruição das fibras de colágeno que causam o envelhecimento precoce.

Estudos realizados no Japão demonstram que as antocianinas encontradas em uma espécie de groselha podem ajudam a produção de rodopsina, que é um pigmento encontrado na nossa retina. Precisamos da rodopsina para que os nossos olhos enxergem bem até mesmo em lugares escuros.

 

giphy

 

Elas também contribuem para o emagrecimento e alguns estudos apontam para a prevenção e até reversão da obesidade. Poderosa, não é? Elas reduzem a inflamação do corpo, ajudam a controlar o apetite e a diminuir o acúmulo de gordura.

Prevenção

Os estudos ainda estão em processo e a eficácia na prevenção ao câncer não é comprovada 100%, ainda há muito que se averiguar, testar e pesquisar. Lembrando também que ela pode vir a ser usada no combate ao câncer, não devendo ser utilizada durante o tratamento.

Agora é ficar na torcida e acompanhar os estudos feitos com o açaí, acompanhado de uma boa tigela dessa delícia, é claro!

 

161129_getty_acai

Açaí no combate ao câncer
Tags:            

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *